sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Tristeza no samba: Quinho abandona o Salgueiro

                                       Foto: Letícia Pontual  

O intérprete Quinho, dono de um vozeirão de dar inveja, não é mais o comandante do microfone da G.R.E.S Acadêmicos do Salgueiro. Ele se despediu da escola, na quinta-feira, 18. “Não estava mais com alegria. Eu estava me sentindo preterido. Vou deixar a escola colocar um puxador com mais pujança do que eu. Se eu sou o problema, então o problema está resolvido", declarou o cantor, que não desfila no sábado das campeãs (20/02).

Ele defendia a vermelha e branca há oito anos e já havia estado na escola entre os anos de 1995 a 2000 e de 1990 a 1993.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Expresse sua opinião em 100 caracteres.

Um pouco da minha infância

Nasci em Jacarepaguá, na extinta maternidade do Tanque, fui criada na Taquara, um bairro do subúrbio, na Zona Oeste, do Rio de Janeiro,...